Sábado, 21 de outubro de 2017 | 13:38 Expediente | Anuncie Aqui
Buscar notícia
Brasil
Carteira de motorista digital começa a valer em Goiás
Publicado em 11/10/2017 | 09h54m
 

Goiás
Começou a valer terça-feira, 10, a carteira de habilitação virtual para motoristas (CNH-e). A nova forma de identificação foi lançada inicialmente no estado de Goiás. A expectativa do Ministério das Cidades é que todos os departamentos de Trânsito (Detrans) do país reconheçam o documento até fevereiro de 2018. A carteira eletrônica consiste numa cópia virtual da carteira impressa armazenada no smartphone.

Para obter o documento virtual, é preciso baixar o aplicativo CNH-e, que está disponível nas plataformas Android, Apple ou Windows Store, cadastrar-se no portal de serviços do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), ir ao Detran onde a CNH foi emitida para confirmar os dados, receber um código e efetivar o cadastro no aplicativo.

O condutor que tiver certificado digital não precisa se dirigir ao Detran e pode completar o processo diretamente pela internet. A emissão do certificado custa R$ 145 e tem duração de um ano. O custo da carteira virtual será definido pelo Detran de cada estado. A CNH-e será complementar, sem implicar no fim da carteira de motorista tradicional. Não há previsão de substituição total do documento impresso pelo eletrônico.

Para o ministro das Cidades, Bruno Araújo, a carteira virtual serve não somente para a fiscalização de trânsito, mas também em outras situações.
“Nós estamos falando de mais do que a carteira de motorista. A partir deste momento o brasileiro pode se identificar digitalmente. A novidade vai além da habilitação e abrange a própria identificação pessoal”, afirmou o ministro durante lançamento do serviço.

 
 
Leia também
• STJ manda soltar Carlos Arthur Nuzman
• Massa falida da Varig vai leiloar 30 imóveis
• Chuvas e ventos causam estragos no RS
> Mais notícias
Jornal VALESULONLINE - Notícias da Região Sul Fluminense - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por LogoMidia