Sexta-feira, 20 de abril de 2018 | 19:20 Expediente | Anuncie Aqui
Buscar notícia
Editorial
Questão de visibilidade
Publicado em 08/04/2018 | 11h24m
 

Os últimos acontecimentos envolvendo unidades da Secretaria Municipal de Educação de Barra Mansa (RJ) dão o tom do futuro da pasta no quesito “divulgação pela imprensa”, principalmente nas redes sociais, alcançando ilimitado número de leitores das variadas classes sociais e a devida interpretação dos fatos, principalmente quando o enredo tem todos os ingredientes necessários à confecção do texto jornalístico.

Fatos reais como “ventilador cai sobre cabeça de aluno de 6 anos, na Escola Municipal Eliete Ferreira, no bairro Vista Alegre, com funcionamento em período integral” e “envio de bilhete feito pela direção da Escola Municipal Adelaide Duarte Flores, no bairro Siderlândia, para que o aluno venda rifa no valor de R$ 1,00 para aquisição de materiais como ventiladores, produtos de limpeza e outros para manutenção da escola no ano letivo de 2018” mostram como a parte administrativa da Secretaria Municipal de Educação precisa “rever” as diretrizes e condução de informações prestadas e “fiscalizadas” em todas as escolas da rede municipal.

O secretário Vantoil de Souza Júnior e o prefeito Rodrigo Drable (MDB) devem ficar atentos aos acontecimentos da “educação” e mais próximos ainda, aos documentos, que comprovam função, horário de expediente individual de cada servidor e acompanhar o dia a dia do setor público, caso contrário, Barra Mansa será tema do cotidiano de “todo” jornalista que, vislumbra notícias para suas pautas que, de forma real, mostrará o município no quesito “não” positivo para uma pasta tão forte como a da Educação, alertando gestores do país inteiro, a mudar os rumos da administração pública de forma eficiente, saudável e coerente, porque pelo que se acompanha na última semana e nas futuras, a Educação pública municipal precisa e necessita ter visibilidade e acompanhamento restrito de elementos “equivocados no cenário atual”.

Muitos erros ainda estão por vir à tona, caso nada seja efetivamente elucidado e colocado sobre a mesa dos administradores para depois chegar ao leitor sob trabalho do jornalismo profissional.

Prefeito e secretário, vamos agir, porque se assim prevalecer, o último a sair que apague a luz!

Eliete Fonseca
Jornalista profissional
Registro no Ministério do Trabalho nº 18.902

 
 
Leia também
• Do antigo para o atual
• Devia ser “às claras”
• Desfile Cívico de Barra Mansa
> Mais notícias
Jornal VALESULONLINE - Notícias da Região Sul Fluminense - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por LogoMidia