Domingo, 21 de outubro de 2018 | 03:27 Expediente | Anuncie Aqui
Buscar notícia
Sul Fluminense
ProJovem Urbano tem inscrições prorrogadas
Publicado em 18/07/2018 | 08h30m
 

Resende
Os jovens, com idade entre 18 e 29 anos, que ainda não concluíram o Ensino Fundamental, terão uma nova oportunidade de fechar este ciclo de estudos em Resende. O programa ProJovem Urbano, desenvolvido pelo Ministério da Educação em parceria com a prefeitura, teve as inscrições prorrogadas até o dia 5 de outubro.  No total, 200 vagas estão sendo disponibilizadas no município, onde o programa é desenvolvido na Escola Municipal Lídia Pires Magalhães, na Itapuca.

O programa, que visa elevar a escolaridade dos jovens, também promove a inclusão social e  amplia as oportunidades de emprego nessa faixa etária, já que a grande maioria das vagas ofertadas no mercado exige que o candidato tenha, pelo menos, o Ensino Fundamental. O tempo de duração do curso que oferece certificado de conclusão, é de 18 meses. Durante este período, os estudantes recebem, além do conteúdo regular, uma qualificação profissional inicial e têm direito a merenda escolar e transporte. Os alunos com filhos também podem utilizar uma sala de acolhimento para deixar seus filhos durante as quatro horas de estudo.

De acordo com a Secretaria Municipal de Educação, os interessados em participar devem se inscrever na secretaria da Escola Municipal Lídia Pires Magalhães, na Rua Lucie Christiane Campanário, no bairro Itapuca, de segunda a sexta-feira, de 8 às 13h, durante o recesso escolar;  e de 8 às 18h, a partir do dia 30 de julho.

Os documentos necessários são: cópias e originais do RG e CPF, comprovante de residência e histórico escolar. A unidade fica na Rua Lucie Christiane Campanário, no bairro Itapuca. As aulas começam no dia 8 de outubro. Informações podem ser obtidas através do telefone 338-4586.

A secretária de Educação, Rosa Frech, destaca a importância da iniciativa para os jovens de todos os bairros do município.
- Com este programa, os jovens de Resende que tiveram que interromper seus estudos ganham uma nova chance de serem reinseridos não só na vida escolar, como também no mercado de trabalho e na sociedade, pois, além da formação do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental, este curso também proporciona a inclusão digital e a participação dos estudantes em ações coletivas de interesse público - disse a secretária.

Foto:ASCOM/PMR

 
 
 
Leia também
• Penedo recebe Oktoberfest 2018
• Moradores de Pinheiral participam de capacitação profissional
• Defesa Civil interdita passarela de pedestres em ponte da RJ 145
> Mais notícias
Jornal VALESULONLINE - Notícias da Região Sul Fluminense - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por LogoMidia