Domingo, 21 de outubro de 2018 | 03:35 Expediente | Anuncie Aqui
Buscar notícia
Sul Fluminense
Zélia Arbex abriga exposição Mulheres Incríveis
Publicado em 10/10/2018 | 08h36m
 

Volta Redonda
Tendo o apoio das Secretarias Municipal de Políticas para Mulheres, Idosos e Direitos Humanos (Smdhi) e Cultura, o Espaço das Artes Zélia Arbex, na Vila Santa Cecília, abriu a exposição de fotos, Mulheres Incríveis, que faz parte das ações do Outubro Rosa. A mostra é composta por fotos de 30 modelos que superaram o câncer de mama, mantiveram a autoestima, sem perder a beleza, mesmo enfrentando um tratamento considerado difícil.

O trabalho fotográfico foi realizado por Fabíola Ito, pós-graduada em fotografia e mídia digital, que durante um mês fotografou todas as mulheres, revelou o trabalho e montou as fotos para a apresentação. Ao lado de cada foto, foi anexado um comentário da modelo, com a descoberta da doença e como foi este enfrentamento para vencê-la.

”Agradeço a Volta Redonda por esta oportunidade de fotografar mulheres incríveis, guerreiras. Este foi um trabalho difícil porque você convive na intimidade dessas pessoas, mas é uma entrega de confiança de ambas as partes. Mas foi gratificante. O importante é contribuir para ajudar a conscientizar outras mulheres, mostrando esta positividade, estes exemplos de superação sem perder a beleza”, comparou Fabíola.  

A secretária de Políticas para as Mulheres, Dayse Penna, destacou que foi procurada com a proposta da exposição, que trata da saúde das mulheres que souberam superar um momento muito sensível de suas vidas quando a doença chegou e buscaram forças para a superação. “A secretaria foi criada há um ano pelo prefeito Samuca Silva, para ajudar as pessoas que precisam. Elas são mulheres guerreiras do Outubro Rosa, que mostram que a beleza vai muito além da estética. A doença está muito ligada a autoestima das mulheres, onde chega primeiro. E elas, pessoas da cidade, conviveram e superaram este momento sensível, sem perder a beleza, a esperança pela continuidade da vida, mostrando toda a força da mulher nas adversidades”, comparou Dayse. 

Opiniões
As mulheres presentes, que posaram para as fotos de Ito, falaram do tema da exposição. Kátia Teobado Sales Neves, 46 anos, assistente administrativa da Câmara de Vereadores, descobriu a doença em 2010. “O objetivo é que, apesar da doença, a gente consegue superar e continuar a vida. Passar por esta situação me fez ver que não sou diferente de ninguém. Estava com câncer sim, foi difícil, muito. Mas a vida continua e eu escolhi vencer”, disse Kátia.

A empresária Lygia Sampaio, que em 2015 constatou a doença diz. ”Com certeza a exposição ajuda outras mulheres na prevenção, para fazer os autoexames e ver que tem cura, que existe tratamento para se recuperar”.

Para a produtora Renata Ferreira, 45 anos, participar dessa iniciativa foi muito importante. “Gostei de ser uma das modelos deste trabalho, um dia dedicado a beleza, se maquiando e mostrar que temos força para superar momentos difíceis da nossa vida e seguir ir em frente”, afirmou.

Michele Silva de Oliveira, 33 anos, contou a sua experiência. “Uma colega de trabalho relatou que estava com caroço na mama e isto me despertou a fazer o autoexame durante o banho. Foi quando percebi o caroço na mama direita”. 

Vanessa Rodrigues da Silva, 32 anos, diz sobre o valor da solidariedade. “Uma palavra de carinho, de incentivo muda tudo, faz as pessoas reunirem forças e coragem para enfrentar as dificuldades e se manter segura”.

O pastor Márcio Figueiredo, 49 anos, comentou. “Mostra uma superação extraordinária dessas mulheres para a sociedade, encoraja outras pessoas a buscar a cura e ter um novo começo de continuidade da vida.”

A exposição fica aberta ao público até dia 20 de outubro, de 9 às 15h, de segundas às sextas-feiras. No dia 22, estará na sede do SAAE (Serviço Autônomo de Água e Esgoto) no bairro Aterrado. 

Fotos: SECOM/PMVR

 
 
 
Leia também
• Penedo recebe Oktoberfest 2018
• Moradores de Pinheiral participam de capacitação profissional
• Defesa Civil interdita passarela de pedestres em ponte da RJ 145
> Mais notícias
Jornal VALESULONLINE - Notícias da Região Sul Fluminense - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por LogoMidia