Domingo, 18 de novembro de 2018 | 16:10 Expediente | Anuncie Aqui
Buscar notícia
Mundo
Queda de dois prédios deixa mortos e desaparecidos em Marselha
Publicado em 07/11/2018 | 08h53m
 

Agência France-Presse
Quatro corpos foram encontrados terça-feira, 6, no dia seguinte à queda de dois prédios em Marselha, no sudeste da França, e as autoridades temem que até oito pessoas tenham morrido nesta catástrofe.

Os socorristas, que trabalham incansavelmente há 24 horas, encontraram os corpos de dois homens e duas mulheres sob os escombros dos prédios que desabaram de repente na segunda-feira em pleno centro desta cidade portuária mediterrânea.

Um terceiro edifício vizinho desmoronou parcialmente na segunda-feira à tarde.

As autoridades temem que entre 5 e 8 pessoas, das quais se desconhece o paradeiro, poderiam estar soterradas.

"Durante as primeiras operações de remoção encontramos alguns bolsões de ar, o que significa que ainda temos esperança de encontrar e identificar sobreviventes", disse o ministro do Interior, Christophe Castaner, que foi a Marselha após o acidente.

Imagens do Google Maps tiradas nos últimos meses mostraram que os dois edifícios que desabaram, situados no bairro operário de Noailles, tinham grandes rachaduras visíveis em suas fachadas. Dois deles estavam fechados e teoricamente desabitados.

Mas várias testemunhas relataram à AFP a possível presença de pessoas nos prédios no momento da queda.

Entre as pessoas desaparecidas está uma mulher que não foi buscar sua filha na escola e outra que "não saía nunca de casa", informou o presidente da região Provence-Alpes-Costa Azul, Renaud Muselier.

 
 
Leia também
• Embaixador da Noruega se diz aberto ao diálogo com o governo eleito
• Ataques da coalizão contra EI na Síria provocam 28 mortes
• Autoridades confirmam 44 mortos por incêndio na Califórnia
> Mais notícias
Jornal VALESULONLINE - Notícias da Região Sul Fluminense - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por LogoMidia