Sábado, 6 de junho de 2020 | 22:52

Editorial - 01/02/2019 | 17h27m

Aspecto urbano de Barra Mansa

Para 2019 e 2020, a administração pública do município de Barra Mansa (RJ) podia ter a iniciativa de fazer um projeto para alterar o visual urbano do Centro da cidade e bairros de maior movimento comercial e com número de moradores.

O que se tem são prédios pichados há anos e outros em fase de pichação sem que nada acontece com os autores, aumentando assim a quantidade do vandalismo exposto diariamente.

Com o uso de cores em contraste para chamar a atenção do cidadão e visitante, muito pode ser feito pelo Poder Público e até analisado com as instituições mais visíveis e de apoio ao prefeito Rodrigo Drable (MDB), ocasionando com isso a divulgação do nome Barra Mansa nas redes sociais como cidade que tem algo a oferecer de diferente no cenário regional e fora dele.

Há municípios no roteiro turístico anual com exposição de paineis, nome de concreto à margem da Rodovia Presidente Dutra, letreiros e outros atrativos para moradores e visitantes, o que aqui até o momento desse texto não existe.

Não há expansão ou interesse para que as coisas tomem outro rumo. Nossos jovens precisam alcançar outros horizontes e o Poder Público devia abrir as portas para algo diferente no cenário urbano.

Passou a hora de inovar, de criar, de virar o jogo. Se um artista plástico de grande capacidade tivesse a oportunidade de conhecer o que Barra Mansa tem e apresentar o que pode ser feito para ser um potencial de cores da região, com certeza elevaria a auto-estima do barra-mansense que precisa e muito que o prefeito Rodrigo Drable (MDB) e sua equipe pensem nos próximos meses, afinal algo precisa mudar e com urgência, no visual da cidade que ilustra adjetivos negativos aos olhos da coletividade e dos visitantes.

Barra Mansa precisa de cores, estrutura ruim temos até demais.

Fato.

Eliete Fonseca
Jornalista Profissional
Registro 18.902/RJ