Quinta-feira, 21 de fevereiro de 2019 | 04:51

Editorial - 09/02/2019 | 20h39m

OAB Volta Redonda

No discurso de posse do presidente da Ordem dos Advogados do Brasil Subseção Volta Redonda, na Sessão Solene, na noite de sexta-feira, 8 de fevereiro, na Câmara Municipal, Alex Martins disse durante entrevista, “que um dos desafios do primeiro ano de trabalho na Casa será agilizar o andamento dos processos na Comarca”.

Semelhante aos desenhos infantis divulgados nas antigas emissoras de televisão, a cultura brasileira tem na “mente cimentada”, a imagem do juiz como aquele que sempre esteve acima de tudo e de todos, não cabendo dessa forma, naqueles desenhos, questionamento quanto à ação no ambiente de trabalho, entrada e saída do mesmo nem prestação de contas de suas ações enquanto no exercício da profissão.

E assim por anos e anos, o juiz passou a ter total domínio e absoluto PODER sobre a demanda processual, levando autores e réus a milhões de ações no contexto “tartaruga” na tramitação. No mesmo relógio, servidores das Comarcas adicionaram à rotina, igual morosidade, conduzindo a tramitação ao caos para uns e em regime aceleradíssimo para outros.

Dois itens aqui devem ser destacados: os salários são pagos com a contribuição de impostos do povo e sua omissão diante da fragilidade do Poder Judiciário, por isso quando o presidente Alex Martins desafia mudar a rotina nos próximos doze meses à frente da OAB Volta Redonda, assemelha-se a mexer no Poder daqueles personagens dos tradicionais desenhos animados totalmente intocáveis no vidro, onde estão inseridos.

Obviamente que a partir do momento em que se divulga tamanho avanço na advocacia, urge do outro lado, agregação de valores até então imutáveis. Na mesma proporção, verificou-se que em nenhuma ocasião, o cerimonial da Sessão Solene citou nome de juiz presente à programação nem representante, mostrando o futuro do desafio ali lançado e divulgado repetidas vezes.

Se processos forem agilizados, ganham todos os profissionais que abraçam o Direito ao longo da vida; ganha o Poder Judiciário local e acima de tudo, a população volta-redondense.

Parabéns aos empossados e aplausos ao presidente da 5ª Subseção da OAB Volta Redonda.

Eliete Fonseca
Jornalista Profissional
Registro 19.802/RJ