Sábado, 6 de junho de 2020 | 22:43

Editorial - 27/02/2019 | 19h09m

Assim nasceu meu jornalismo

Aquelas matérias deram o virar de página na vida de muitas pessoas no bairro Vila Nova, em Barra Mansa (RJ), onde inicialmente as edições do jornal Evolução Vila Nova circularam em 1999. Da distribuição gratuita nas mãos dos moradores, o “surto” deu lugar às mudanças, que mais tarde ganharam ímpeto no poder político central da cidade.

E o que era mensal rapidamente foi semanal. O que eram mil exemplares passaram para cinco mil e na mesma velocidade, que entregava nas mãos do morador simples, ouvia o pedido: “Por que não faz matérias fora do bairro e vai para outros?” Aceitei o desafio e mudei o nome para “Evolução”. A continuidade gerou um volume de matérias/denúncias de vários bairros do município, ocasionando mudança em minha caminhada. Dessa vez entregava nas Comarcas do fórum e dezenas de vezes entreguei nas mãos de todos os membros de uma audiência. Todos. Juiz, servidores, parte e réu. Quantas vezes, analisei matérias com representantes dos poderes! Quantas vezes e inúmeras, atendi ao chamado para ouvir denúncias e desabafos, todos com provas documentais e que “nenhum” meio de comunicação da cidade tinha interesse em divulgar. Motivo: recebiam muito dinheiro dos órgãos públicos e deviam favores a políticos locais, empresários e instituições ora ativas no cenário municipal, estadual e até nacional.

Como tais meios de comunicação e pessoas “deviam” e não eram representantes do jornalismo profissional, excluíam os denunciantes que naturalmente chegavam ao meu trabalho e ali encontravam a publicação gratuita dos fatos com fotos, agradecendo muito o trabalho jornalístico, que muitas vezes era usado por advogados em processos judiciais.

Vez ou outra, telefone tocava com “ameaças diversas” de figuras importantes da cidade, o que em momento alguém intimava o que fazia em 1999/2000/2001 e 2002.

De 2002 a 2019, a máquina não parou. Aquele Evolução impresso virou online e nasceu o jornal  “barramansaonline.com.br”

Novamente, a oportunidade para aumentar o trabalho chegou e com ela nasceu o jornal “valesulonline.com.br” e também meu amadurecimento profissional, o que tenho muita simplicidade de compartilhar com todos num leque de leitores sem fim, digamos a nível mundial.

Aqui todos são bem-vindos na expectativa de continuar no jornalismo, contribuindo para a profissão tão linda, fruto de muito estudo e dedicação.

Eliete Fonseca
Jornalista Profissional
Registro 18.902/RJ