Domingo, 7 de junho de 2020 | 00:05

Editorial - 22/03/2019 | 20h30m

Partidos na eleição 2020

Com as últimas informações na mídia nacional e repercussão no planeta, percebe-se que as eleições de outubro de 2020 no cenário municipal ganharam outro foco, principalmente, quando candidatos do partido MDB (Movimento da Democracia Brasileira) e PT (Partido dos Trabalhadores) e seus agregados tentarem obter do eleitor, um voto de confiança.

Com a prisão dos principais nomes do partido recentemente expedida pelo Judiciário e executada pela Polícia Federal, a escala de participantes em nível nacional também é afetada, haja vista, que um partido comanda suas bases no Estado e Municípios através de reuniões dos líderes da executiva nacional e o que esperar atualmente de siglas como o MDB e o PT com tanta divulgação e provas processuais? Nesse contexto, devemos analisar outros partidos na fila para divulgação, conforme determinado pela Justiça Eleitoral.

Com certeza, os últimos fatos deram o que se anuncia em Barra Mansa, Volta Redonda e demais municípios da Região Sul Fluminense do Estado do Rio de Janeiro, onde a troca de sigla, prefeitos, vices e vereadores já é tema de pauta em reuniões, que buscam pessoas “fichas limpas e com currículo à altura” para ocupar cadeira em benefício da sociedade realmente democrática com manuseio honesto da coisa pública, dando um basta a curto prazo, do que até agora está em ação.

Com as recentes prisões, envolvidos serão chamados para prestar contas com a Justiça, abrindo aí mais um leque gigante de outros parceiros que, ligados a empresários, movimentaram o grande esquema de corrupção em escala, deixando muitos políticos, apoiadores, empresários, membros de instituições sociais e religiosas sem argumento de defesa, abrindo dessa possibilidade, espaço para uma nova política, que o Brasil precisa e urge, porque 2020 está aí e os projetos não podem parar.

Eliete Fonseca
Jornalista Profissional
Registro 18.902/RJ