Quinta-feira, 20 de junho de 2019 | 04:33

Quatis - 24/05/2019 | 07h38m

Centro de Informações Turísticas será revitalizado

Mais um investimento com recursos próprios foi anunciado pelo prefeito Bruno de Souza (MDB), na manhã de quinta-feira, 23. As obras de revitalização do Centro de Informações Turísticas situado na Praça Teixeira Brandão vão se iniciar nas próximas semanas, totalizando cerca de R$ 37 mil em serviços de melhorias e reforma do espaço. Além de ponto de referência para informações a respeito dos atrativos turísticos, ambientais e culturais da cidade, o local vai ser transformado também num espaço para a realização permanente de exposições dos trabalhos confeccionados por artesãos do município.

A licitação relacionada à contratação da empresa responsável pelas melhorias do Centro de Informações Turísticas foi aconteceu recentemente, tendo sido vencedora do processo a Premium Comércio e Serviços Eirelli, de Barra Mansa. As licitações promovidas pelo poder público são abertas à participação de empresas situadas em qualquer cidade do país.

O projeto da revitalização prevê a instalação de vidros temperados nas laterais, cuja composição é feita através de um processo químico que fortalece a resistência do material. Por meio destes vidros, o público poderá visualizar os trabalhos expostos nas instalações internas. Outros serviços previstos são a instalação de novas portas e janelas, todas protegidas por grades de ferro; recuperação do piso; realização dos serviços de jardinagem; instalação de um aparelho de ar condicionado; construção de um banheiro adaptado para pessoas com deficiência; reparos no sistema hidráulico e de energia elétrica; e pintura, interna e externa.

Segundo o planejamento da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, o espaço contará com um servidor em horário integral para orientar o público quanto aos eventos culturais e as localidades turísticas da cidade, “incluindo os fins de semana e feriados”.

Para o prefeito Bruno de Souza (MDB), “a revitalização do Centro de Informações Turísticas da Praça Teixeira Brandão amplia o volume de obras iniciadas a partir de dezembro do ano passado com recursos próprios do Município e faz parte das ações projetadas pelo atual governo com o objetivo de valorizar o potencial turístico de Quatis”. Os recursos próprios são formados pelos valores arrecadados mediante o recolhimento de impostos e taxas municipais.

As outras obras em andamento com recursos próprios são as seguintes: asfaltamento do Loteamento Céu Azul, construção do almoxarifado central da prefeitura; recuperação do sistema coletor de esgoto da cidade; ampliação da unidade médica de Falcão; e a operação tapa-buraco.

- Quatis tem um patrimônio ambiental, histórico e turístico muito vasto, daí a nossa proposta de tornar todo este conjunto de belezas naturais e arquitetônicas ainda mais conhecido, não só das pessoas que residem em nossa cidade, mas também dos moradores de outros municípios. O turismo também gera emprego e renda. No nosso entendimento, a estruturação de um local que possa informar os visitantes sobre os atrativos de Quatis nestas áreas, e divulgar o trabalho de artistas do nosso próprio Município, é um passo importante com o objetivo de incrementar o turismo - declarou o prefeito.

Titular da Secretaria de Cultura e Turismo de Quatis, a secretária Rosina Porto destaca alguns atrativos da cidade, entre eles os casarios do tempo colonial situados no Centro e no distrito de São Joaquim; a fonte de água natural Antônio Jacinto Sampaio Filho, a “Biquinha”, que se localiza na região central; a Feira da Roça, evento realizado no segundo e quarto domingo do mês; o Parque Natural Municipal Horto dos Quatis; a Igreja Matriz de Nossa Senhora do Rosário; a estação ferroviária do bairro São Benedito; a igreja da comunidade quilombola de Santana; a trilha do cruzeiro, em São Joaquim; a Área de Proteção Ambiental Carapiá; o Horto dos Quatis; e o Parque Natural Municipal Ribeirão de São Joaquim.

- Com a revitalização do Centro de Informações Turísticas, vamos proporcionar um espaço central para que os artesãos da nossa cidade possam expor os seus trabalhos. Atualmente, temos pelo menos 50 artesãos no Município. Sem a existência de um local fixo para a apresentação das suas obras ao público, eles têm realizado as exposições todo mês, na praça da igreja matriz (Praça Getúlio Vargas) – disse Rosina, acrescentando que, além da revitalização do Centro de Informações Turísticas, cujas obras começarão em breve, a prefeitura já está construindo um espaço cultural ao lado do Centro Administrativo do Município, no bairro Bondarowsky.