Domingo, 22 de setembro de 2019 | 07:02

Resende - 24/05/2019 | 07h39m

Resende realiza 4ª etapa do Mutirão da Campanha de Preventivo

Mais uma edição da campanha de exames preventivos contra o câncer de colo de útero e de mama acontecerá sábado, 25. A quarta etapa do mutirão - promovida pela Secretaria Municipal de Saúde - será realizada de 8 às 16h, em 22 postos de saúde.

A mobilização em prol da saúde feminina tem por finalidade ampliar o número de preventivos feitos na rede pública, oferecendo a oportunidade de atendimento às moradoras de Resende que não conseguem ter tempo disponível para os exames de rotina no decorrer da semana, em virtude de compromissos de trabalho, entre outros motivos.

A terceira etapa da campanha 2019 - realizada em 19 unidades de saúde, no dia 13 de abril - contabilizou 222 exames preventivos e 58 solicitações de mamografia. Na segunda fase desta edição - que ocorreu em 15 postos de saúde, no dia 30 de março, foram registrados 304 exames preventivos, que resultaram em 56 solicitações de mamografia e três encaminhamentos para a especialidade de ginecologia. Já na primeira edição, no dia 16 de março, foram concluídos 352 exames preventivos, 20 solicitações de mamografia e cinco encaminhamentos, em outras 15 unidades escaladas.

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Tande Vieira, o público-alvo da campanha são mulheres entre 25 e 64 anos de idade.

- Todas as mulheres devem estar com seus exames ginecológicos de praxe em dia. O papanicolau é um teste feminino com base em uma análise citopatológica, que possibilita o diagnóstico precoce do câncer de colo do útero, entre outras doenças. O procedimento físico das mamas e as orientações do autoexame também fazem parte do cronograma do mutirão. Já a mamografia é recomendada para mulheres a partir de 50 anos de idade, após o rastreamento. Lembrando que, se houver indicação médica, a mamografia é recomendada em qualquer idade. A campanha é direcionada, principalmente, para aquelas que trabalham durante a semana. O foco é a faixa etária das mulheres que têm vida sexual mais ativa. O câncer de mama, por exemplo, está no topo da lista dos tumores mais frequentes entre as brasileiras. A descoberta precoce da doença aumenta a chance de cura – explicou.

Os mutirões estão previstos para ocorrer quinzenalmente. Neste sábado, a campanha acontecerá nos seguintes postos: Unidade de Saúde Resende - Posto do Estado (Rua Doutor João Maia, bairro Centro); Clínica da Família (Rua Carlos Monteiro, Morada da Montanha); Policlínica do Manejo (Avenida Tenente-coronel Adalberto Mendes); Unidade Básica de Saúde - UBS Cidade Alegria (Avenida das Mangueiras Sul); e Unidades de Saúde da Família – USFs Itapuca (provisoriamente na Rua Euzébio Manoel da Glória), Baixada da Olaria (temporariamente na Rua Nove, Alegria Velha), Paraíso (Praça Zeferino de Oliveira), Cabral Velho (Rua 18), Liberdade (Rua Barão do Rio Branco), Jardim Primavera (Rua dos Pintassilgos, Jardim Primavera III), Engenheiro Passos, Fazenda da Barra I (Rua Isaac Politi), Barra II (Rua Anna Almeida de Souza, antiga Rua Projetada), Barra III (Rua Sete), Morada da Barra (Rua 15), Surubi (temporariamente na Rua Doutor José Zeferino de Mendonça Uchôa, Surubi Velho), Novo Surubi (Rua Ari Guimarães), Morro do Cruzeiro/Castelo Branco (Rua Santa Rosa), Vicentina/Santo Amaro (provisoriamente na igreja situada na Rua Prefeito Clodomiro Maia), Nova Alegria (Rua Dois), Cidade Alegria (Rua das Violetas) e São Caetano (Rua Vinícius de Moraes).

Os exames são realizados no ato do comparecimento. Durante a campanha, para a interessada ser beneficiada, basta ser residente em Resende e apresentar a carteirinha do SUS (Sistema Único de Saúde) e o documento de identidade. O prazo para o exame preventivo ficar pronto é de 30 a 45 dias e deverá ser retirado pela paciente na unidade onde foi realizado. As próximas datas e localidades contempladas serão divulgadas pela prefeitura.

Em 2018, o governo municipal prolongou as ações de saúde promovidas no decorrer da campanha Outubro Rosa, entre os meses de julho e dezembro. Os mutirões dos exames, que iniciaram três meses antes do período comemorativo e terminaram um mês depois, foram concluídos com 1.971 mulheres atendidas. Em todo o ano passado, conforme dados do Ministério da Saúde, foram contabilizados 8.760 atendimentos no município.