Quinta-feira, 20 de junho de 2019 | 05:03

Piraí - 24/05/2019 | 07h40m

Piraí lança novo projeto de tecnologia para educação

As secretarias municipais de Educação e Ciência e Tecnologia e em parceria com a Positivo Tecnologia Educacional, na quarta-feira, 22, às 18 horas, no Ciep Prof. Margarida Thompson, no bairro Casa Amarela, realizou o lançamento do projeto Inventura Micro:bit.

O professor Alessandro Carra Vieira, membro da equipe de tecnologia da Secretaria Municipal de educação explicou que o Inventura Micro:bit é uma ferramenta educacional que tem a finalidade de transformar crianças em inventores, tornando o aprendizado de programação uma experiência fácil, imersiva e estimulante.

“Quando falamos em programação computacional, isso soa para muitas pessoas, como uma coisa inatingível e o projeto vem desmistificar essa visão, demonstrando que, qualquer pessoa, adulto ou mesmo criança no início de sua trajetória pode desenvolver a criação dentro do universo da programação”, ressaltou o professor Alessandro.

A secretária de Educação de Piraí, professora Sandra Simões, destacou que o projeto é desenvolvido em alguns países como Inglaterra, Gales, Irlanda do Norte e Escócia e representa uma oportunidade para os alunos iniciarem o desenvolvimento de suas habilidades e criatividade dentro do universo da programação.

“Esse projeto é experimental e será realizado como forma de experiência em apenas 5 cidades no País. O Ciep Professora Margarida Thompson, por se tratar de uma escola de período integral e onde já existe a integração da robótica à metodologia pedagógica dos alunos”, explicou Sandra Simões.

O projeto terá duração de 3 meses e será aplicado para os 28 alunos do alunos do 6º ano do ensino fundamental que receberam o kit com dois livros totalizando 48 atividades, a placa de hardware BBC Micro:bit, suporte e pilhas AAA. O Inventura disponibiliza também ambiente online para os alunos praticarem programação e para os professores acompanharem a desenvolvimento dos alunos.

O Inventura Micro:bit é baseado numa proposta conhecida como Educação 4.0, que tem como objetivo desenvolver as habilidade de comunicação, colaboração, iniciativa e empreendedorismo, pensamento crítico e analítico, curiosidade, imaginação e domínio das tecnologias, fundamentada nos pilares da cultura “maker” (faça você mesmo), pensamento computacional, aprendizagem por objetos, resolução de problemas, criatividade e inovação.

O micro:bit é um hardware baseado em uma pequena placa programável que inspira a criatividade digital, ensina o fundamental da programação e possibilita infinitas ideias, ele pode ser usado para diversas criações, as possibilidades são infinitas.

Mais informações no link https://www.positivoteceduc.com.br/inventura/