Quinta-feira, 20 de junho de 2019 | 04:26

Angra dos Reis - 24/05/2019 | 07h43m

Festa do Divino movimentará Angra durante 10 dias

De 31 de maio a 9 de junho, Angra dos Reis vai celebrar a Festa do Divino Espírito Santo, considerada a maior manifestação religiosa e cultural do município. O objetivo do evento, realizado pela Paróquia Nossa Senhora da Conceição, com o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, através da Secretaria Executiva de Cultura e Patrimônio, é manter viva na memória dos moradores a tradição de um dos festejos mais antigos da cidade.

A programação religiosa começa na sexta-feira, 31, às 18h30min, com a saída das bandeiras do divino da casa dos festeiros, Edinho Lima e Márcia Pinguim, na Travessa Francisco Pereira Rocha, 17, Centro. De lá, a comunidade sairá em procissão rumo à Igreja Matriz, juntamente com a folia do divino, onde às 19h30min, será celebrada uma missa. Até quinta-feira, 6, seguem as atividades religiosas, com procissão das bandeiras saindo da casa de devotos e missa na Igreja Matriz.

Na sexta-feira, 7, entra em cena a figura do Menino Imperador, que neste ano será representado por Kauã Silva Pinto de Azevedo Coutinho, de 11 anos, morador do Morro do Carmo. O dia contará com uma extensa programação, que terá início às 6h, com alvorada festiva, seguida de café com o Menino Imperador que, popularmente, recebe das mãos do prefeito as chaves para comandar a cidade durante os três dias do seu reinado.

Às 11h, acontece a chegada do Menino Imperador ao Cais de Santa Luzia, juntamente com a folia do divino. Logo após, às 12h, é oferecido no Convento do Carmo um almoço à comunidade.

Também de sexta-feira, 7, a domingo, 9, o Cais de Santa Luzia sedia apresentações musicais e as tradicionais danças folclóricas. Na sexta-feira, 7, o público poderá conferir, a partir de 20h, o animado som da Banda Kulha e as danças dos Coquinhos, Jardineiras e Lanceiros. No sábado, 8, será a vez da Banda Zampaglione garantir a animação da população, que ainda vai poder conferir as danças folclóricas dos Coquinhos, Velhos e Marujos.

A programação termina no domingo de Pentecostes, 9 de junho, quando acontecerá uma série de atividades religiosas e culturais. Às 6h, terá alvorada festiva e amanhecer no Espírito Santo, com missa na Igreja Matriz e café comunitário. Às 9h30min, acontece procissão das bandeiras. Durante o dia ainda serão celebradas duas missas na Igreja Matriz, uma às 10 e outra às 16h. Às 17h, haverá a procissão do Divino Espírito Santo, seguida da troca de coroa do divino pelo chapéu do imperador. As danças folclóricas dos Coquinhos, Jardineiras, Velhos, Lanceiros e Marujos serão as responsáveis pelo encerramento do festejo.