Segunda-feira, 27 de janeiro de 2020 | 19:11

Matérias - 02/01/2020 | 02h58m

Angra economiza quase R$ 200 mil nos shows

Angra dos Reis
Pensando em economizar dinheiro público, a TurisAngra decidiu implantar algumas novidades no Réveillon deste ano na Praia do Anil. A principal delas foi realizar uma licitação para que uma empresa terceirizada explorasse um camarote durante os dias de shows. A outra foi a criação de mais uma praça de alimentação, desta vez no calçadão. Com as duas ações, a prefeitura economizou quase R$ 200 mil.

O chamamento público correspondente ao camarote que foi montado na Praia do Anil. Assim como determina a legislação brasileira, a ação foi divulgada no site da prefeitura e num jornal de grande circulação.

A empresa vencedora é de Volta Redonda. Coube a ela montar toda a estrutura do camarote que abrigou cerca de mil pessoas a cada noite. Como contrapartida, os ganhadores da licitação arcaram com os custos de dois geradores, 14 tendas da praça de alimentação, os bufês dos camarins, Barco de Imprensa e Barco Madrinha, além do cachê da atração do dia 31 de dezembro.

A outra novidade deste ano foi a ampliação da praça de alimentação. Além das tradicionais tendas na areia da Praia do Anil, neste ano, seis food trucks foram instalados no calçadão. A empresa que ganhou, através de chamamento público, o direito de explorar alimentos e bebidas, ofereceu como contrapartida os recursos para o pagamento da premiação da Procissão Marítima, arcou ainda com os custos do apoio operacional, lanche, carregadores e bombeiros civis.

- Esse formato de evento acontece há muito tempo em micaretas, no Nordeste. Fizemos tudo como manda a lei. A prefeitura tem buscado alternativas para custear o evento e, assim, economizarmos dinheiro público - explicou o presidente da TurisAngra.