Segunda-feira, 13 de julho de 2020 | 21:50

Matérias - 02/01/2020 | 03h01m

Resende aposta na desburocratização para gerar mais empregos e renda

Resende
O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados do Ministério da Economia atestou que o município atingiu em 2019 o terceiro ano consecutivo com números positivos na geração de postos de trabalho. Em 2017, a cidade foi apontada como a maior geradora de empregos do estado e em 2018 os dados também foram positivos. Muito desse desempenho vem de ações tomadas pela prefeitura, principalmente em busca da desburocratização.

O ano fechou com mais de mil novos alvarás emitidos pela secretaria municipal de Indústria, Comércio e Turismo, que também contabilizou mais de 400 novos microempreendedores individuais (MEI) regularizados junto à pasta. O movimento para garantir esse aumento teve início ainda em 2017, quando as reuniões para análise dos processos de abertura de empreendimentos passaram a ser realizadas duas vezes na semana, no lugar de apenas uma. Essa ação fez de imediato com que o número de alvarás emitidos aumentasse mais de 40%.

Diante desse aumento, a prefeitura buscou maneiras de capacitar e orientar os futuros empreendedores em 2018. Para isso, como ação principal, o governo buscou uma parceria com o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), ao mesmo tempo em que reforçou a parte tecnológica e humana dos serviços na própria estrutura municipal.

De acordo com o prefeito Diogo Balieiro Diniz, em 2019, um dos maiores destaques foi a assinatura de um termo de adesão para emissão automatizada de alvarás municipais. O principal diferencial da automatização é que a emissão do documento agora pode ser feita em até 2 horas para as atividades de baixo risco, já computados neste prazo a resposta de viabilidade do nome empresarial, locacional e a constituição da empresa.

De acordo com balanço da prefeitura, desde 2017 foram mais de 3,4 mil alvarás emitidos em Resende. Interessados podem entrar em contato com a secretaria municipal de Indústria, Comércio e Turismo, através dos números 3354-5980 ou 3360-3113. A secretaria fica na Praça da Bandeira, 85, Campos Elíseos.

Apoio ao comércio e aos artesãos
A secretaria municipal de Indústria, Comércio e Turismo faz ao longo do ano uma série de ações voltadas a fomentar as vendas no comércio, bem como valorizar o trabalho dos artesãos e produtores locais. em 2019, por exemplo, a Prefeitura promoveu o ‘Mega Domingo de Compras’, que levou diversas atividades para toda a família aos centros comerciais da cidade. Durante o evento, que foi às compras desfrutou ainda de opções de lazer, esporte e atividades infantis. Todas as atividades foram promovidas em parceria com a CDL Resende e o Sicomercio local.

Da mesma forma, uma parceria entre a Secretaria e a Fundação Casa de Cultura Macedo Miranda promove aos domingos o projeto "Música na Feira", que leva atrações artísticas para a feita do bairro Campos Elíseos. As apresentações acontecem no deck próximo à Ponte Velha, como forma de valorizar a feira mais tradicional da cidade. Além disso, por iniciativa da secretaria, os artesãos ganham espaço nas mais diversas programações da prefeitura. No fim de ano, por exemplo, a prefeitura montou espaços especiais em Campos Elíseos e na Cidade Alegria para exposição e venda dos trabalhos.

SINE
Outro trabalho importante para promover a recolocação de resendenses no mercado de trabalho vem pelo Sine, que emitiu quase três mil carteiras de trabalho em 2019 e atendeu 468 pessoas na modalidade "Sine Itinerante", que presta serviços nos bairros. A unidade ainda promoveu palestras e atividades que buscam adequar os candidatos às vagas de empregos existentes no mercado local.

Turismo reforçado
Outra importante vertente da economia local, o Turismo tem recebido atenção especial da atual gestão desde 2017. São diversas ações e projetos voltados para o setor, beneficiando tanto quem vive do turismo quanto quem deseja conhecer as belezas naturais de Resende. Essa diversificação de ações foi bem explorada em 2019, com eventos como o ‘Vem Passarinhar’, que ocorreu no Parque Estadual da Pedra Selada para observação de pássaros, e o "Circuito de Caminhadas na Natureza", que busca a contemplação em meio à prática de exercícios.

Em outra ponta importante, a secretaria buscou promover a capacitação profissional para garantir mais qualidade nos serviços prestados aos turistas. Em parceria com a Agência de Meio Ambiente de Resende (AMAR), este ano foi ofertado o curso de Monitor de Ecoturismo. Além disso, vale ressaltar que a Vila de Visconde de Mauá foi considerada um dos dez melhores destinos turísticos para se visitar em 2019.