Sábado, 6 de junho de 2020 | 13:42

Matérias - 13/02/2020 | 05h07m

Porto Real firma convênio para investir R$ 4,4 milhões na saúde

Porto Real
Em encontro realizado na Secretaria de Estado de Saúde, no Rio de Janeiro, o prefeito Ailton Marques assinou um convênio que prevê o aporte financeiro de R$ 4.466.354,30 no sistema de saúde municipal, em 2020. “Com esse recurso, vamos completar nosso programa de revitalização da saúde do município com a reforma e a ampliação do Hospital Geral Municipal São Francisco de Assis e a construção da Unidade de Saúde da Família do Parque Mariana”, comentou o prefeito, na presença do secretário de Estado, Edmar Santos e do secretário municipal de Saúde, Luiz Fernando Curty Jardim.

Os recursos destinados ao município estarão disponíveis para a prefeitura a partir da publicação do documento assinado no Diário Oficial do Estado nos próximos dias e serão utilizados exclusivamente para a execução de projetos pré-aprovados. “Esse convênio é bastante prático, porque transfere os recursos diretamente para o Fundo Municipal de Saúde, na medida em que os serviços presentes nos projetos apresentados forem sendo executados. Algumas obras estão em processo de licitação, como a construção da Sala de Coleta e a reforma da subestação de energia do Hospital. Também serão adquiridos novos equipamentos - como mesa cirúrgica elétrica, unidade móvel de anestesia, monitores e ventiladores para o CTI, entre outros aparelhos - computadores, camas hospitalares, itens de conforto como ar-condicionado e televisão”, explicou o secretário de Saúde.

Conforme nota emitida pela Secretaria de Estado, as secretarias municipais deverão respeitar os projetos e apresentar os cronogramas à Secretaria de Estado de Saúdeque, mediante a uma prestação de contas sobre as obras, repassará o dinheiro.

Cirurgias de otorrinolaringologia
A Secretaria Municipal de Saúde (SMS), retomou as cirurgias de otorrinolaringologia, que acontecem no Hospital Geral Municipal São Francisco de Assis (HGMSFA). Conforme informações da SMS, a unidade de saúde vai realizar antes do fim do primeiro semestre deste ano, uma média de três cirurgias por mês. Entre os procedimentos programados estão amigdaletcomia (remoção cirúrgica das amígdalas) e adenoidectomia (retirada de adenoide, um tecido esponjoso da parte interna do nariz).

“No ano passado a SMS adquiriu uma caixa instrumental para a realização de cirurgias de otorrinolaringologia. Com a entrada de uma profissional concursada também no ano de 2019, conseguimos retomar os procedimentos, dando continuidade aos outros mutirões de cirurgias, que foram iniciados no ano passado”, disse o secretário de Saúde, Luiz Fernando Curty Jardim, que ainda completou destacando que para a realização de consultas no segmento, o paciente deve possuir encaminhamento proveniente da Unidade de Saúde da Família de referência e de posse do mesmo, deve procurar o Atendimento Especializado, que acontece no Centro de Diagnóstico e Tratamento Henrique Sabadini e no Policlínico do Fátima.

Foto: PMPR