Quinta-feira, 20 de fevereiro de 2020 | 04:24

Matérias - 13/02/2020 | 05h08m

Volta Redonda realiza 5ª Conferência de Cultura

Volta Redonda
A avaliação do Plano Municipal de Cultura, a discussão das políticas públicas para o setor, a apresentação do Sistema Municipal de Financiamento à Cultura, além das eleições do Conselho Municipal de Política Cultural e da Comissão Municipal de Feiras de Artes e Artesanato, foram os temas abordados na 5ª Conferência Municipal de Cultura. O evento, realizado pela prefeitura, através da Secretaria Municipal de Cultura (SMC), reuniu cerca de cem pessoas no Teatro Gacemss, na Vila Santa Cecília, na tarde de quarta-feira, 12.

O prefeito Samuca Silva afirmou que a realização da conferência ratifica o compromisso da gestão municipal com a participação da sociedade na construção de políticas públicas. “Para avançar nas ações e torná-las realmente efetivas precisamos do debate com a sociedade”, disse.

A secretária de Cultura, Aline Ribeiro, que fez a prestação de contas do Plano Municipal de Cultura e conduziu a plenária para avaliação e contribuição da população com o documento, endossou as palavras de Samuca. “Somente com o olhar do cidadão vamos fortalecer cada vez mais a cultura em Volta Redonda”, acredita.

O presidente do Gacemss (Grêmio Artístico e Cultural Edmundo de Macedo Soares e Silva), Paschoal Possidente, citou a parceria entre a entidade que preside e a secretaria de Cultura. “A união entre as instituições de promoção à cultura, como o Gacemss e a Fundação CSN, também são fundamentais”, falou.

O presidente do Conselho Municipal de Política Cultural, Carlos Eduardo Giglio, também destacou a participação popular na cultura de Volta Redonda. “O papel da sociedade civil no conselho cresceu, chegando à presidência do grupo, ampliando a fiscalização das ações do poder público e a colaboração na elaboração das políticas para o setor”, disse, ressaltando que a atuação do conselho é fundamental para a democracia.   

Os artistas plásticos Hugo Krüger e Ana Paula Carrupt, que também é dançarina, participaram da conferência. Eles são conselheiros vitalícios do Gacemss e atuaram no conselho municipal por dois mandatos. “Mesmo afastados do conselho municipal, participamos da conferência e incentivamos os artistas e produtores culturais a ocuparem os espaços e garantir ações de valorização da cultural. A nossa participação é imprescindível para o desenvolvimento da arte de forma geral”, afirmou Ana Paula.

O Conselho Municipal de Política Cultural tem cadeiras para os segmentos de Artes Cênicas, Artesanato, Artes Visuais, Cultura Afro, Cultura Urbana, Patrimônio, Música, Cultura Popular, Dança, Movimentos Sociais, Associação de Moradores e Literatura.

Raquel Rodrigues Leal está terminando a licenciatura em letras e se candidatou a uma vaga no segmento Literatura. “Meu objetivo é expandir a literatura em Volta Redonda. Faço parte de um grupo que realiza ação bianual de valorização da literatura e pretendemos ampliar no nosso alcance”, afirmou.

Foto: SECOM/PMVR