Sábado, 6 de junho de 2020 | 13:59

Matérias - 13/02/2020 | 05h32m

Ano letivo da Escola de Governo e Gestão começa neste mês

Volta Redonda
A Escola de Governo e Gestão (EGG) de Volta Redonda inicia o ano letivo quinta-feira, 20, às 10h, na sede da unidade, no bairro Siderópolis. O tema abordado será "Desafio da Lei de Proteção de Dados Pessoais na Administração Pública" (Lei 13.709/2018), que entrará em vigor em agosto de 2020. As inscrições para todos os funcionários da prefeitura estão abertas pelo site www.voltaredonda.rj.gov.br/egg Estão disponíveis 80 vagas.

O prefeito Samuca Silva lembrou que a implantação da Escola de Governo e Gestão foi uma medida inovadora que cumpre o compromisso de valorização do funcionário público assumido pelo governo. A EGG foi aberta em abril de 2017 e em julho do ano passado ganhou sede própria. “Somente em 2019, mais de 70 oportunidades de treinamento e desenvolvimento profissional foram oferecidos aos servidores e a novidade para 2020 serão os cursos na modalidade à distância”, falou.

Para abrir o ano de 2020, foi convidado como palestrante o advogado Jerônimo Santos Lima, especializado em govtech - infraestrutura de tecnologia e soluções inovadoras que os departamentos do governo usam para o trabalho interno ou para fornecer serviços aos cidadãos.

Ele atuou no controle interno do município de Macaé e atualmente é o Coordenador do Inova Macaé (Laboratório de Inovação em Gestão Pública do município de Macaé). Jerônimo tem certificado em privacidade e proteção de dados pela Exin, uma empresa holandesa que certifica profissionais de TI (Tecnologia da Informação) em todo o mundo.

A gerente administrativa da Escola de Governo e Gestão, Daniele Monteiro, afirmou que a programação para março ainda será definida. “Para acompanhar as oportunidades da EGG acesse o site www.voltaredonda.rj.gov.br/egg ou entre em contato pelo whatsapp (24) 99821-8780”, disse.

A sede da Escola de Governo e Gestão fica no bairro Siderópolis, Rua 659, 100. O espaço físico conta com três salas de aula para 40 pessoas, um auditório para 100 pessoas, uma biblioteca exclusiva para funcionários com livros de vários temas da administração pública, além de uma sala para administração.