Quinta-feira, 4 de junho de 2020 | 14:34

Matérias - 21/03/2020 | 15h10m

Após casos confirmados de Covid-19, Samuca anuncia novas medidas de prevenção

Volta Redonda
Após a confirmação de dois casos do COVID-19, o Novo Coronavírus, a prefeitura tomou novas medidas de prevenção e combate ao vírus. Os dois infectados tiveram sintomas leves e estão em casa, em quarentena, sendo monitorados pela Secretaria de Saúde. Ao todo, a cidade tem dois casos confirmados, 99 sobre suspeita, 25 descartados e nenhuma morte. Um dos casos é de um homem de 58 anos que viajou para Paraty e Juiz de Fora no último dia 10 de março e o outro é de uma mulher de 60 anos, que foi ao aeroporto do Rio de Janeiro.

O prefeito Samuca Silva informou que novas medidas estão sendo tomadas para garantir a segurança da população. “Após os resultados estamos decretando mais medidas que impactarão diretamente no combate ao Covid-19. Peço que a população fique em casa e que tenha cuidado com a higiene, estamos passando por um momento difícil e que merece seriedade tanto da população quanto do poder público”, explicou.

O secretário de Saúde, Alfredo Peixoto, destacou a importância de todos terem atenções aos sintomas para um diagnóstico eficaz. “Temos dois casos confirmados dentro do município, sendo de manifestação clínica brandas. Lembrando que as pessoas que tem sintomas leves, não precisam ir até a Unidade Básica de Saúde, fique em casa se observando e monitorando. Se tiver o agravamento no caso, aí sim procure a unidade mais próxima”, contou.

Novas medidas
- O comércio de restaurantes e lanchonetes que até então estavam funcionando com sua capacidade reduzida agora funcionarão em Delivery;

- A Feira Livre está suspensa a partir de domingo, 22;

- Igrejas e templos religiosos também estão com suas atividades suspensas;

- Nos ônibus serão reduzidos os números de passageiros, onde deverão ser mantidos distancia de dois metros um passageiro do outro;

- 100% do funcionalismo público vai trabalhar de casa (Home Office). Exceto os da saúde, segurança e os prestadores de serviços essências;

- Os estabelecimentos comerciais que estavam permitidos funcionar, como supermercados e farmácias, poderão ficar abertos até às 20h. Com atendimento limitado nos caixas, mantendo a distância de um cliente para o outro evitando aglomerações.

“Essas medidas estão sendo tomadas para proteger ao máximo a população. A curva de transmissão está alta e precisamos tomar medidas. Conversei com líderes religiosos, comerciantes e empresários e abordei que todos têm um papel importante no combate ao coronavírus”, disse o prefeito.

O prefeito enfatizou que quatro unidades de referência estão abertas para atender a população neste primeiro contato. “São João, Vila Mury, 249 e Volta Grande estão abertas até 22h, para atender. Vamos anunciar também a parceria com os hospitais Unimed e Hinja, o Centro Municipal de Doenças Respiratória que vai concentrar os casos suspeitos do vírus e os confirmados. Quero enfatizar a importância de buscar informações em fontes seguras. Estamos trabalhando com muita transparência. Caso a população veja algum estabelecimento aberto ligue para o 156, temos uma equipe de fiscalização que vai colaborar com essas medidas de prevenção”, disse.

Foto: SECOM/PMVR