Quinta-feira, 4 de junho de 2020 | 14:19

Matérias - 22/03/2020 | 12h36m

Mangaratiba inicia 23/3, vacinação contra Influenza

Mangaratiba
O município inicia segunda-feira, 23, campanha de vacinação contra gripe Influenza/H1N1. Esse ano a imunização vai começar mais cedo e terá uma programação diferenciada. A decisão de antecipar a aplicação das doses foi tomada pelo Ministério da Saúde a fim de minimizar possíveis casos de gripe no próximo inverno e colaborar com a situação de Emergência Internacional de Saúde Pública decorrente do coronavírus.

O cronograma da Campanha será feito da seguinte forma. No dia 23, a vacinação começa somente para idosos com mais de 60 anos. Porém, não haverá aplicação de vacina nos postos de saúde. Os idosos serão imunizados em suas próprias casas. A Secretaria de Saúde reforçou o número de veículos e montou uma logística especial para atender todas as pessoas com mais de 60 anos. A imunização começa no dia 23 e se estenderá por 15 dias.

A Secretaria de Saúde vacinará todos os idosos cadastrados na base de dados do município. Mas, caso alguma pessoa com mais de 60 anos não receba a visita dos agentes de saúde dentro de 15 dias, um familiar ou vizinho pode procurar a unidade de saúde mais próxima e avisar ao agente que a imunização não foi realizada. Basta levar o nome completo do idoso, endereço e telefone de contato, para que o serviço possa ser agendado.

Depois da primeira etapa, só haverá vacinação nos dias 16 de abril e 9 de maio. Até lá a Secretaria de Saúde divulgará como será feito o atendimento ao público-alvo restante, que é formado por: professores, doentes crônicos, profissionais das forças de segurança e salvamento, crianças de seis meses a menores de seis anos, grávidas, mães no pós-parto, pessoas com mais de 55 anos, indígenas e pessoas com deficiência.

Segundo o prefeito Alan Costa, a atitude de antecipar a Campanha de Vacinação foi de grande importância. “Enquanto não se desenvolve uma vacina contra o COVID-19, a imunização contra a gripe pode ajudar a combater indiretamente a atual pandemia. Ela é fundamental para não sobrecarregar a rede de atendimento, facilitar os diagnósticos e reduzir complicações. Fiquem em casa e aguardem a chegada da equipe da Secretaria de Saúde”.

Foto: PMM