Terça-feira, 22 de setembro de 2020 | 10:54

Matérias - 15/09/2020 | 09h43m

Restaurante Popular serviu quase 25 mil refeições em agosto

Volta Redonda
O Restaurante Popular segue com os atendimentos. Mesmo durante os períodos mais rígidos das restrições e isolamento social na cidade por conta da pandemia de Covid-19, o espaço, que é um importante equipamento de assistência social, continuou com suas atividades. Só no mês de agosto, o Restaurante serviu quase 25 mil refeições.

O funcionamento do local foi adequado para garantir a segurança de clientes e funcionários durante o período da pandemia. De acordo com a equipe do restaurante, foram servidas mais de 65 mil refeições no período de março a julho.

As filas são organizadas de acordo com as normas de higiene preconizadas pela OMS (Organização Mundial da Saúde), com demarcação de espaço de um metro e meio entre cada usuário e os funcionários continuam fazendo uso de máscaras e seguindo as orientações de higiene contra o vírus.

“Estamos seguindo as restrições de segurança. Cadeiras marcadas com distanciamento, lotação de até 30%. Além disso, quando o usuário vai pegar a bandeja, a funcionária passa álcool para higienização”, explicou a coordenadora municipal de Segurança Alimentar, Cristiane Seabra.

O secretário municipal de Ação Comunitária, Ailton Carvalho, frisou a importância do equipamento na garantia da segurança alimentar para a população. “O restaurante é mantido com recursos próprios da prefeitura e é, para muitas pessoas com baixa renda, a oportunidade de uma refeição de qualidade a um preço acessível”, disse o secretário.

O Restaurante Popular foi reaberto em janeiro de 2019 e funciona na Avenida da Integração, no bairro Aterrado, em dias úteis, respeitando o calendário da prefeitura.

O almoço custa R$ 3,50 e o cardápio é composto por arroz, feijão, uma proteína, salada com duas opções de hortaliças, além de um suco e sobremesa (doce ou fruta). O cardápio é elaborado por nutricionistas de forma equilibrada. O café da manhã tem o valor de R$ 1,50.

Fotos: SECOM/PMVR