Sábado, 24 de outubro de 2020 | 15:17

Matérias - 16/10/2020 | 10h17m

Ótica Municipal retoma atendimento

Volta Redonda
A Ótica Municipal Padre Ernesto Moreira Lamim, localizada no Estádio Raulino de Oliveira, retomou o atendimento aos pacientes a partir dessa semana. Por dia, 20 vagas são disponibilizadas. Nesse primeiro momento, o local está priorizando as consultas que foram desmarcadas no mês de março, por conta da Covid-19. Os pacientes estão sendo atendidos de 8 às 16h30min.

O uso da máscara é obrigatório e no local é disponibilizado álcool para higienizar as mãos. Após cada atendimento, a ótica passa por uma higienização de todas as armações para que o próximo usuário possa experimentar. O aparelho que mede a pupila e as mesas onde os usuários são atendidos também recebem o mesmo processo. A cada paciente que sai, a higienização é refeita. 

De acordo com a coordenadora da Ótica Municipal, Rejane Ribeiro, durante esse período, de março até agora, o atendimento foi suspenso porque o público alvo do setor é composto basicamente por idosos. “Não pudemos também mudar de lugar porque os equipamentos não permitiam. Além deles serem muito caros, são eletrônicos e precisam de local apropriado para funcionar, como água para cortar as lentes, por exemplo”, explicou a coordenadora.

Ela ressalta que os fornecedores também tiveram dificuldade de entregar as lentes que estavam encomendadas. Assim que o material chegou foram montados todos os óculos que estavam pendentes. Uma parte foi entregue na Policlínica da Melhor Idade e a outra parte na Secretaria de Políticas para Mulheres, Idosos e Diretos Humanos (SMIDH). Todos os atendimentos foram feitos com hora marcada para evitar aglomeração.

“Conseguimos entregar quase todos os óculos que estavam prontos. Quero aproveitar e agradecer as equipes dos dois locais que nos atenderam prontamente e com muito carinho. Agora estamos atendendo aqui no Estádio com todos os critérios segurança. Durante a pandemia não tinha como atender por conta do Hospital de Campanha e o Centro de Doenças Respiratórias, onde se fazia os testes da Covid-19. Ainda temos 100 pacientes que não conseguiram pegar os seus óculos. Gradativamente eles estão sendo entregues”, disse Rejane.

O serviço é exclusivo para os aposentados; pensionistas; quem está em auxilio doença comprovado e que ganhe até dois salários mínimos; alunos das escolas das redes públicas municipal e estadual; alunos do Instituto Federal até o ensino médio ou curso técnico; pessoas com deficiências e idosos a partir de 60 anos. Em todos os casos, o usuário deve morar em Volta Redonda e ser paciente do Sistema Único de Saúde (SUS).

Os pacientes precisam levar a sua receita para a unidade de saúde mais próxima da sua residência e entrar no Sistema de Regulação do Estado (Sisreg) onde são agendados. Esse esquema de atendimento deverá voltar a funcionar no próximo mês, quando todos os pacientes que tiveram as suas consultas suspensas em março forem atendidos.

Além de disponibilizar os óculos, a Ótica Municipal ainda realiza pequenos reparos nas armações. Os óculos são cedidos aos pacientes a cada dois anos, exceto se tiver alteração do grau, o que não é muito comum no idoso. A ótica fica no 2º andar do Estádio Raulino de Oliveira, Acesso Branco, no Jardim Paraíba, e conta com cerca de 50 modelos diferentes de armação, incluindo opções masculinas, femininas e infantis. 

Fotos: SECOM/PMVR