Terça-feira, 24 de novembro de 2020 | 14:40

Matérias - 22/10/2020 | 15h43m

Adultos de 20 a 49 anos podem ser imunizados contra o Sarampo

Itatiaia
O trabalho de vacinação contra o Sarampo segue até o próximo dia 29, em todos os postos de saúde. A Campanha é voltada para jovens e adultos, com idade entre 20 e 49 anos, que ainda não foram imunizados contra a doença ou estão com doses atrasadas. 

Para receber a vacina é necessário que o paciente procure a unidade de saúde referente ao seu bairro apresentando a carteira de vacinação e o cartão nacional SUS. O atendimento é de segunda à sexta-feira, de 8 às 17h, nas seguintes unidades: Policlínica Municipal (Centro), USF Vila Magnólia,  USF Vila Esperança, USF Vila Flórida, USF Campo Alegre I e II, USF Penedo,  USF Maromba e  UBS Marechal Jardim  

A vacinação contra o Sarampo faz parte da Campanha Nacional de Multivacinação que teve início em Itatiaia, no dia 6. O objetivo é atualizar a vacinação de todas as pessoas que fazem parte do público alvo da campanha. Crianças de 10 aos 14 anos, além de receber a vacina de sarampo também estarão disponíveis as vacinas da HPV, meningite, hepatites A, entre outras.  

De acordo com o Programa de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde, desde o início da campanha, até hoje foram vacinados 914 pessoas contra o Sarampo. 

- O nosso município não possui qualquer caso de doenças relacionadas a Sarampo, Poliomielite e  Rubéola nos últimos anos. Isso, graças as atividades permanentes de vacinação que acontecem há mais de 20 anos, explica Andrea Millen, enfermeira e coordenadora do Programa de Imunização de Itatiaia. 

Segundo a coordenadora, pessoas com até 59 anos de idade que comparecerem as unidades de saúde também podem receber a dose da vacina contra sarampo.  

O Sarampo
Causada por um vírus, o sarampo é uma doença infecciosa grave, que pode ser fatal. A doença voltou aparecer com alguns casos pelo Brasil, e não só em crianças, mas em adultos também.  

Os sintomas do sarampo aparecem apenas de 10 a 14 dias após a exposição. Eles incluem tosse, coriza, olhos inflamados, dor de garganta, febre e irritação na pele com manchas vermelhas.  

Sua transmissão ocorre quando o doente tosse, fala, espirra ou respira próximo de outras pessoas. A única maneira de evitar o sarampo é pela vacina.