Terça-feira, 24 de novembro de 2020 | 14:51

Matérias - 20/11/2020 | 07h58m

Cursos virtuais de Desenho e História da Arte entram na reta final

Resende
Os cursos virtuais de Desenho Livre e História da Arte entram na reta final do ano de 2020. As oficinas, que são gratuitas e desenvolvidas pela Prefeitura de Resende, por meio da Fundação Casa da Cultura Macedo Miranda (FCCMM), aconteciam com aulas presenciais organizadas pelo Museu de Arte Moderna de Resende (MAM), mas foram adaptadas para o formato virtual desde o início da pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

As oficinas são ministradas pelo professor doutor Tiago Cardoso Gomes, que, além de atuar no MAM, é docente da rede municipal de ensino. Segundo o professor Tiago Gomes, restam ainda cinco aulas de cada oficina para o encerramento das atividades deste ano. Ele destaca o sucesso dos cursos, que ganharam alunos até de outros países com o formato on-line. “Foi uma experiência enriquecedora ministrar os cursos via videoconferência. Chegamos ao final dos cursos com cerca de 400 participantes, e não só pessoas de Resende, mas também de várias partes do Brasil e alguns países como Portugal, Angola e EUA”, disse o professor.

De acordo com Carmem Aguiar, diretora da instituição, as oficinas oferecidas pelo Museu de Arte Moderna são gratuitas, e os alunos que marcarem presença em 70% das aulas receberão certificados de participação. “Os cursos de desenho já eram oferecidos presencialmente, contudo, com a pandemia passaram a ser virtuais. O professor Tiago ainda aproveitou para disponibilizar o curso de História da Arte, que também teve grande procura”, frisa a diretora do MAM.

Para o presidente da Casa da Cultura, as atividades virtuais foram uma forma de manter a cultura em funcionamento durante este período de distanciamento social.

- Além das atividades no MAM, foram oferecidas aulas de música por intermédio da Escola das Artes Maestro Vicente Aniceto Senna, bem como apresentações musicais com artistas da cidade nas redes sociais. Esperamos que em 2021, com a possibilidade da vacinação, possamos retomar os projetos presencialmente - informa o presidente.