Sábado, 6 de março de 2021 | 05:00

Matérias - 18/12/2020 | 07h27m

Angra vai recuperar o Grêmio Desportivo Verolme

Angra dos Reis
A parceria entre a prefeitura e o Governo Federal vai tornar realidade mais um grande projeto para os moradores: a recuperação do Grêmio Desportivo Verolme, o GDV, clube construído em 1985 pelas mãos dos trabalhadores metalúrgicos do Estaleiro Brasfels (na época, Estaleiro Verolme) após o expediente na empresa.

O secretário nacional de Esporte de Alto Rendimento realizou uma visita técnica ao espaço, acompanhado do prefeito e da deputada estadual angrense.
- Esta agenda é fruto de um encontro que tive na última semana com o secretário nacional de Esporte em Brasília. Lá eu apresentei o projeto de recuperação do GDV e imediatamente ele marcou esta visita ao espaço, que é maravilhoso e sediou campeonatos estaduais de basquete e grandes eventos esportivos e sociais - frisou o prefeito.

Ainda de acordo com o prefeito, há um outro projeto para ser desenvolvido no GDV.
- Nossa ideia é, se a população aprovar, instalar aqui a primeira escola esportiva cívico-militar do país. Entreguei esse projeto nas mãos do senador que é nosso parceiro e nos ajudará. Se a gente não ocupar o GDV com coisa boa, o espaço será ocupado por coisa ruim e o esporte é uma oportunidade para que as crianças e jovens tenham um futuro melhor - ressaltou.

Segundo o secretário nacional, o objetivo é que o local seja utilizado para inclusão social, iniciação esportiva e esporte de alto rendimento.
- Nem todo município tem um espaço bom como esse para ser explorado e investido. O mais importante é que o prefeito tem essa visão de valorização do esporte e o nosso presidente quer formar parcerias como esta para dar outra oportunidade de futuro às crianças e os jovens. Espero voltar a Angra muito em breve, já para acompanhar o início das obras - destacou o representante do Governo Federal, que também conheceu o complexo esportivo da Praia da Chácara.

A visita técnica para conhecimento da área de 54 mil m² do GDV, foi acompanhada por secretários do governo, membros da Associação Metalúrgica e Marítima de Angra dos Reis.

Foto: PMAR