Quarta-feira, 18 de maio de 2022 | 09:26

Matérias - 15/01/2022 | 10h13m

Arena Esportiva recebe obras para o novo Centro de Reabilitação

Volta Redonda
A Arena Esportiva Nicolau Yabrudi, no bairro Voldac, vai abrigar um novo complexo de saúde. As obras para instalação do Centro Especializado de Reabilitação (CER III) e implementação da oficina ortopédica, da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), foram iniciadas nesta semana. A previsão de conclusão das obras é de aproximadamente 10 meses.

O Centro Especializado de Reabilitação atende portadores de deficiência: auditiva, física, intelectual, visual e de outros 12 municípios da região. Atualmente, os atendimentos do CER ocorrem de forma descentralizada em três locais do município: num prédio da Secretaria de Saúde, além do Follow Up e o Polo de Ostomizados, que funcionam em locais separados.

Com as obras os serviços serão ofertados na Arena Esportiva, nos mesmos moldes de atendimento do Estádio Raulino de Oliveira. Os atendimentos vão ocupar o prédio 1 da Arena numa área de aproximadamente 2.100 m². O prédio 2 da arena vai continuar abrigando a Secretaria de Esporte e Lazer (Smel).

Funcionamento
O Centro Especializado terá ao todo 34 salas de atendimento, divididas em três pavimentos. O projeto arquitetônico também será dedicado às questões de acessibilidade, que prevê piso tátil, mapa tátil, rampas, corrimãos e barras de apoio.

No térreo haverá o funcionamento ambulatorial com consultórios para as seguintes especialidades: oftalmologia, neurologia, ortopedia, psiquiatria, pediatria, odontologia e sala de prótese.

No segundo pavimento será o atendimento do Follow–up, centro de referência para crianças com atraso no desenvolvimento motor e intelectual, com consultórios de pediatria, fonoaudiologia, psicologia, assistência social, salas de fisioterapia, integração sensorial, terapia intensiva motora e tratamento intensivo cognitivo.

O terceiro pavimento será destinado à reabilitação física, intelectual e visual e contará com seis consultórios, salas de fisioterapia, integração sensorial, orientação visual de mobilidade, atividade de vida prática (espaço que simula os ambientes de uma residência) e ginásio terapêutico.

O coordenador do Centro Especializado de Reabilitação (CER III), Vladimir Lopes de Souza, comentou que estão previstos no projeto todos os espaços de apoio necessários, como recepções, sanitários, salas de espera, elevador, rampa, salas de administração e coordenação, sala de reuniões, auditório, além de uma oficina ortopédica onde serão confeccionadas órteses e serão feitos ajustes em próteses.
“Além do projeto, a oficina ortopédica será fundamental para tratamento desses usuários. Um ganho para os moradores de Volta Redonda e região, pois esses pacientes tinham que ir para o Rio de Janeiro para conseguir esse serviço em saúde. Toda estrutura que está sendo montada, com esse novo espaço, vai garantir o atendimento especializado e adequado as necessidades de cada paciente”, disse o coordenador.

Foto: SECOM/PMVR