Quarta-feira, 28 de fevereiro de 2024 | 06:57

Matérias - 02/02/2024 | 05h50m

Rio tem recorde histórico de chuvas em janeiro

O Rio de Janeiro teve recorde de chuvas em janeiro deste ano. Segundo o Sistema Alerta Rio, órgão de meteorologia da prefeitura, o mês foi o mais chuvoso desde 1997, quando começaram as medições. A cidade acumulou média pluviométrica de 348,9 milímetros (mm), o que supera a marca anterior de janeiro de 2013 - 346,8mm. Com isso, a média histórica para o mês é de 161,1mm. Em 2024, houve registro de chuva em 19 dos 31 dias de janeiro.

A estação pluviométrica de Anchieta se destacou com o maior valor pluviométrico no mês: 612,8mm, volume 220% acima da média, que é de 190,6mm.

“Anomalias positivas da temperatura da superfície do mar no Oceano Atlântico Sul favoreceram a formação e atuação de sistemas de baixa pressão sobre o oceano, próximo ao estado do Rio. A tendência é que fevereiro seja mais um mês com temperaturas acima da média, por conta da continuidade da fase positiva do Enos (El Niño)”, explica Raquel Franco, meteorologista-chefe do Sistema Alerta Rio.

A média mensal de 348,9mm em janeiro de 2024 é a terceira maior registrada pelo Alerta Rio entre todos os meses do ano. Ficou atrás apenas de dezembro de 2009 (359,7mm) e abril de 2010 (350,7mm). Quando se fala do acumulado em uma única estação, Anchieta teve o segundo maior registro mensal. O primeiro lugar ainda pertence à estação meteorológica do Sumaré, que em abril de 2010 anotou 628,4mm de chuva.

Janeiro mais chuvoso
1) Janeiro/2024: 348,9mm

2) Janeiro/2013: 346,8mm

3) Janeiro/2003: 329,0mm

4) Janeiro/1998: 242,4mm

5) Janeiro/2018: 236,8mm

Maiores acumulados por estação
1) Anchieta: 612,8mm - 220% acima da média (190,6mm)

2) Alto da Boa Vista: 525,6mm - 129% acima da média (229,5mm)

3) Irajá: 504,6mm - 196% acima da média (170,7mm)

4) Av. Brasil/Mendanha:  478,6mm - 154% acima da média (188,7mm)

5) Rocinha: 444,8mm - 165% acima da média (168,1mm)

Mais chuvas
A previsão é de mais dias chuvosos e quentes no início de fevereiro. Nesta sexta-feira (2), o tempo deve ficar instável por conta da atuação de um canal de umidade sobre a região Sudeste. São esperadas pancadas de chuvas moderadas a fortes a qualquer momento, acompanhadas de raios e rajadas de vento moderado a forte (até 76 km/h).

No sábado (3) e no domingo (4), ainda sob a influência do canal de umidade, o tempo continuará instável e a previsão é de chuva fraca de forma isolada durante a noite.

Fonte: Agência Brasil/EBC